China inicia exercícios e dispara dois mísseis junto a Taiwan

2022-08-05T07:00:00.0000000Z

2022-08-05T07:00:00.0000000Z

O Pais

http://digital.opais.co.mz/article/281603834230208

INTERNACIONAL

A China iniciou já os exercícios militares, que incluem fogo real, nas imediações de Taiwan, noticiou a televisão estatal chinesa CCTV. Vários projécteis explodiram no céu, seguidos de nuvens de fumo e de sons de explosão, avança a AFP. Segundo a Reuters, dois mísseis foram lançados pela China perto das ilhas Matsu de Taiwan, que se encontram ao largo da costa da China, por volta das 14 horas locais (6h00 em Portugal). O vídeo, partilhado pelo Global Times, meio de comunicação chinês, mostra, alegadamente, um dos lançamentos. Estas imagens não foram - dente. O Ministério da Defesa de Taipei falou no disparo de “múltiplos mísseis balísticos” nas águas que circundam a ilha, condenando “acções regional”. “O Ministério da Defesa nacional declara que o Partido Comunista Chinês disparou vários mísseis balísticos ‘Dongfeng’ nas águas circundantes do Nordeste e Sudoeste de Taiwan, às 13:56 [08:56 em Maputo]”, anunciou o ministério, em comunicado. Os militares taiwaneses não adiantaram o local exacto onde os mísseis caíram. As manobras militares surgem em resposta à visita da congressista norte-americana Nancy Pelosi a Taiwan, vista como uma grave provocação pela China. Pelosi, líder da Câmara dos Representantes do Congresso dos Estados Unidos é a mais importante responsável norte-americana a visitar a ilha em 25 anos. O governo chinês respondeu, nos últimos dias, com sanções económicas a Taiwan. Washington tem, também, um porta-aviões e outro equipamento naval na região. O início das manobras militares da China levou o Ministério da Defesa de Taiwan a para a guerra. Pequim reclama a soberania sobre a ilha e considera Taiwan uma província separatista desde que os nacionalistas do Kuomintang se retiraram para a ilha em 1949, depois de perderem a guerra civil contra os comunistas.

pt-mz